Novo canal de vendas do Facebook: WhatsApp Pay

A nova função permite que os usuários enviem dinheiro ou façam compras em pequenas empresas

No início dessa semana, o WhatsApp anunciou que os usuários no Brasil poderão utilizar o novo recurso de pagamentos no aplicativo para enviar dinheiro com segurança e fazer pagamentos para comércios diretamente em suas conversas. O sistema tem o nome de Facebook Pay, já que o Facebook é proprietário do WhatsApp. As transações poderão ser feitas usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras. Inicialmente, a lista inclui Banco do Brasil, Nubank e Sicredi nas bandeiras Mastercard e Visa.

 

Esse novo recurso do WhatsApp surge como forma de expansão dos negócios do Facebook, segundo o texto divulgado pelo blog da empresa, “ao simplificar o processo de pagamento, esperamos ajudar a trazer mais empresas para a economia digital e gerar mais oportunidades de crescimento. Além disso, enviar dinheiro para seus amigos e familiares vai ser tão fácil quanto enviar uma mensagem, o que é muito útil quando estamos fisicamente distantes.”  

(Crédito da imagem: WhatsApp)

O WhatsApp, que já atingiu mais de 2 bilhões de usuários , torna-se, portanto, uma importante alternativa como canal de vendas das empresas. Se anteriormente a ferramenta já era muito utilizada para comunicação, agora, ela atribui uma funcionalidade que permite donos de negócios completarem o ciclo da venda. 

Para quem acompanha o blog da agência, sabe que o uso do WhatsApp fazia parte da etapa de conversão do funil de vendas, ou seja, quando conquistamos dados importantes do cliente, agora, ele também fará parte da etapa transformação, que ocorre quando transformamos o possível cliente em um cliente real.

Mãos a massa: o momento é de sentar com os clientes e implementar essa nova ferramenta.  

Veja no vídeo abaixo, publicado pelo WhatsApp, como funcionam as transações:

 

Entre em contato conosco:

 

Leia também

Alinhando o marketing digital a nova realidade imposta pela pandemia A importância do horário certo nas redes sociais e o que mudou na pandemia Em tempos de vídeo, os textos ainda tem vez?
Sem Comentários

Publique um comenário