A guerra pelo consumo por vídeo: TIKTOK vs. INSTAGRAM

Não é de hoje que apontamos para o crescimento do consumo de conteúdo por vídeo. Nós já trabalhamos com esse formato de mídia há bastante tempo. Ainda em 2018, um estudo divulgado pelo Google já mostrava que mais de 82% do tráfego na internet seria em busca de vídeos. Isso que, naquela época, ninguém previa uma pandemia que manteria as pessoas em casa muito mais tempo conectadas.

Hoje, entre os principais players deste mercado, a plataforma de vídeos do Google, o YouTube, se consolidou como a mais assistida. De acordo com a pesquisa Why Video, encomendada pelo próprio Google, 91% dos entrevistados afirmaram ter aumentado seu tempo de navegação no canal em 2020. 

TIK TOK vs. INSTAGRAM

Outro grande player do mercado é o TikTok, o app chinês é o mais baixado do mundo atualmente. Os vídeos curtos e divertidos fazem parte do cotidiano de mais 732 milhões de usuários. A maior parte deles jovens.

O crescimento do consumo por esse forma de conteúdo fez com que o Instagram repensasse seu posicionamento. Recentemente, o head da empresa, Adam Mosseri, fez questão de ressaltar que a rede não é mais um app para o compartilhamento de fotos, mas sim uma forma de entreter as pessoas.

Conforme Mosseri, nos próximos meses teremos mudanças na plataforma. Mais conteúdos de vídeo focados em produção por celular e mais espaço para recomendações de publicações desta forma. Essas são algumas estratégias para que o time do Instagram mantenha ativa a rede social, sem perder tanto espaço para o TikTok.

Mais ferramentas disponíveis no mercado é igual a mais oportunidades para as empresas criarem seus posicionamentos. Mas, como utilizar os canais corretos da melhor maneira possível para o seu negócio? Entre em contato conosco e saiba mais! 

Fonte:

https://exame.com/tecnologia/instagram-nao-e-mais-um-app-para-compartilhar-fotos-diz-chefe-da-rede/ 

 

Leia também

Organização de Canais de Vendas por Delivery

PDCA Aplicado ao Marketing Digital  Getúlio Pastéis: A pastelaria do Menino Deus
Tags:
Sem Comentários

Publique um comenário